23.7 C
Distrito Federal
quinta-feira, 24 setembro, 2020 - 14:50 PM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Liberada reforma na Ponte Costa e Silva – Agência Brasília

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

Após esgotar pré-venda, Microsoft garante estoque do Xbox no lançamento

As pr-vendas dos novos Xbox, iniciadas na tera-feira (22), ocorreram como a Microsoft esperava: unidades esgotadas em menos de...

O Tribunal de Contas do DF (TCDF) aprovou, por unanimidade, a retomada do edital de licitação para o projeto de recuperação, reforço estrutural e revitalização da Ponte Costa e Silva, que liga o Setor de Clubes Sul ao Pontão do Lago Sul.

A concorrência havia sido suspensa pelo TCDF e, com a liberação, a  Novacap irá republicar o edital para a contratação da empresa que irá executar a obra.

O valor da licitação será de R$ 15 milhões e a previsão da Novacap é que, quando iniciadas, as obras durem cerca de um ano e meio. O investimento será realizado por meio de recursos da Fonte 100.

Entre os trabalhos que serão realizados no local, estão o reforço estrutural das vigas da ponte, manutenção das juntas de dilatação e das sinalizações náuticas e viárias, recapeamento funcional das três faixas de asfalto, instalação de um novo guarda-corpo e melhoria no escoamento de águas pluviais, entre outros.

Essa será a primeira vez que a Ponte Costa e Silva passará por uma revitalização tão completa desde a sua inauguração, em 1976. A estrutura foi projetada por Oscar Niemeyer e possui 452 metros de comprimento por 13 metros de largura, com três vãos que permitem a passagem de embarcações náuticas que navegam pelo Lago Paranoá.

A diretora de edificações da Novacap, Virgínia Sanchez, explica que o projeto nasceu de uma demanda importante da cidade: a da preservação de sua estrutura original, que pode ter sofrido problemas com as intempéries do tempo. “Viemos trabalhando muito nisso, e depois do desabamento do trecho da Galeria dos Estados, em fevereiro de 2018, queremos estar mais próximos das averiguações e da necessidade de recuperação dessas pontes”, afirma.

De acordo com a Novacap, a vida útil de construções de grande porte, como uma ponte, diminui ao longo do tempo, e para garantir a melhor segurança da estrutura, ações como uma revitalização completa são mais eficientes do que manutenções pontuais. A companhia possui um grupo de trabalho específico que atua no estudo de todas as pontes do DF, atuando quando necessário.

* Com informações da Novacap

Fonte: Agência Brasília

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Vazam imagens e novas especificações do Google Pixel 5

Novas imagens do prximo smartphone do Google, o Pixel 5, foram vazadas na internet na tera-feira (22). A expectativa...

Bolsonaro culpa a indígenas, prensa y ONG por incendios y

El presidente Jair Bolsonaro (sin partido) culpó a indígenas, caboclos*, prensa y ONG por...

Confira os lançamentos de outubro na Netflix

A Netflix est sempre renovando o seu catlogo filmes, sries e outros contedos em vdeo de diferentes gneros para agradar seus assinantes. Assim, ...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -