28.5 C
Distrito Federal
quinta-feira, 1 outubro, 2020 - 22:39 PM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Polícia cumpre mandados em operação sobre desvios na saúde do DF

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

09 SETEMBRO

09 SETEMBRO Fonte: Agência Brasília

11/09/2020

11/09/2020 Fonte: Agência Brasília

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) deflagrou hoje (23), em Brasília, uma operação para obter provas de um suposto esquema de pagamento de propina na contratação de leitos para a rede pública de saúde durante a gestão do ex-governador do DF, Agnelo Queiroz (PT).

A apuração é conduzida pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público, com apoio da Polícia Civil. Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão autorizados pela 1ª Vara Criminal de Brasília.

De acordo com as investigações, R$ 420 mil teriam sido pagos ao ex-governador e ao ex-secretário de Saúde do DF, Rafael Barbosa, em troca de favorecimento junto à administração pública. O valor seria 10% do contrato para a compra de leitos.

Segundo o MPDFT, a propina teria sido paga por meio de contrato fictício de publicidade e marketing entre a empresa interessada no contrato, a Secretaria de Saúde e o Instituto Brasília Para o Bem-Estar do Servidor (Ibesp). O pagamento teria ocorrido em 2014, segundo o relato de colaboradores.

A operação desta quinta-feira (23), denominada Alto Escalão, é um desdobramento da Operação Checkout, deflagrada em junho de 2018 para apurar outro esquema ilícito nos contratos do setor saúde no Distrito Federal.

A Agência Brasil tentou entrar em contato com as defesas dos acusados.

 

 

Fonte: Agencia Brasil

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Pessoas físicas não pagarão para usar o PIX, diz Banco Central

Nesta quinta-feira (1), o Banco Central do Brasil (BC) anunciou que o PIX, seu servio de pagamentos instantneos, ser gratuito para pessoas fsicas, at...

UE quer o fim dos apps pré-instalados e mais transparência

A Unio Europeia quer proibir empresas como Google, Facebook, Amazon, Apple e outras de favorecer seus aplicativos ou forar os usurios a se inscreverem...

China alerta sobre indícios de fraude em pacotes com sementes enviadas ao Brasil

A Embaixada da China em Brasília alertou nesta quinta-feira, dia 1º, sobre...

Ex-gerente é acusada de lucrar com informação privilegiada da Amazon

Uma ex-gerente snior do departamento de Impostos da Amazon foi acusada pela Comisso de Valores Mobilirios (SEC, na sigla em ingls) dos Estados Unidos...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -