23 C
Distrito Federal
terça-feira, 29 setembro, 2020 - 14:02 PM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

estudo sugere que perda do olfato pode ser permanente

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

09 SETEMBRO

09 SETEMBRO Fonte: Agência Brasília

11/09/2020

11/09/2020 Fonte: Agência Brasília

Pesquisadores do Hospital das Clnicas da Faculdade de Medicina da USP (HC-USP) investigam casos de possvel perda permanente do olfato decorrente da Covid-19. Em resultados preliminares, o estudo mostra que cerca de 5% dos pacientes acompanhados no recuperaram a capacidade de sentir os aromas mesmo dois meses e meio aps terem a doena.

Os cientistas acompanham 650 pessoas infectadas pelo novo coronavrus desde abril. Desses, em torno de 80% relataram perda total ou parcial do olfato durante o perodo de surgimento dos sintomas, e 76% afirmaram ter perdido o paladar.

Meses aps o primeiro contato, os pesquisadores conversaram novamente com 140 pacientes curados da Covid-19. Todos eles haviam perdido o olfato em algum nvel durante a infeco. Cerca de 95% recuperaram o sentido, mas os outros 5%, no.

Fachada do Instituto Central do Hospital das Clnicas da USP. Imagem: Reproduo/USP

Mesmo quem diz ter recuperado o olfato pode ter sido afetado permanentemente, explicou Folha o presidente da Academia Brasileira de Rinologia, Fabrizio Romano. Isso acontece porque, sem a ajuda de um exame apropriado, raro que um paciente consiga notar pequenas diferenas no sentido olfativo.

Romano destaca que h um prejuzo na qualidade de vida dessas pessoas, e orienta que o melhor caminho procurar um tratamento precoce para evitar sequelas. Caso contrrio, o sintoma pode se tornar permanente, como ocorreu com os participantes da pesquisa.

O estudo agora precisa passar pela reviso de outros cientistas para ter sua publicao aprovada.

Por que o coronavrus afeta o olfato?

Um estudo norte-americano publicado na revista Science Advances identificou uma possvel causa para o comprometimento do olfato. De acordo com os cientistas, oSARS-CoV-2 se conectaria protena ACE2, expressa na superfcie das clulas de diversas partes do organismo (incluindo o sistema respiratrio).

Essa protena seria a porta de entrada mais recorrente para o novo coronavrus. Isso porque ela tem a funo de receber um hormnio responsvel pela regulao da presso arterial, e, por isso, sua estrutura como uma “fechadura”. OSars-CoV-2, por sua vez, possui uma protena chamada “spike”, utilizada para se ligar s clulas do corpo (como uma chave).

A perda do olfato, segundo o estudo, acontece quando o vrus afeta as protenas presentes nas clulas de suporte, que ficam no interior do nariz. Ao mesmo tempo em que so responsveis por funes ligadas ao olfato, essas clulas possuem alta expresso de ACE2, que so facilmente infectveis.

Uma vez nas clulas de suporte, o vrus pode causar uma inflamao e impedir que elas funcionem corretamente.

Via: Folha de S. Paulo


Confira em tempo real a COVID-19 no Brasil:


Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

PMDF recupera moto após furto no final de semana

Policiais militares do 11º Batalhão recuperaram, às 6h30 desta terça-feira (29), uma motocicleta furtada. O veículo estava estacionado na QR 829 de Samambaia ao...

Google Play remove mais 17 aplicativos Android com malware espião

O Google removeu da sua loja oficial mais 17 aplicativos para Android infectados com o malware'Joker', tambm conhecido como 'Bread'. O malware espio (spyware)...

Usuário consegue rodar Google Stadia em iPhone; veja como

No incio do ms, a Apple abriu as portas para servios de streaming de jogos em seus dispositivos. No entanto, ainda no possvel...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -