23.7 C
Distrito Federal
quinta-feira, 24 setembro, 2020 - 15:06 PM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Enquanto Trump e TikTok disputam, Instagram lança o Reels nos EUA

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

Após esgotar pré-venda, Microsoft garante estoque do Xbox no lançamento

As pr-vendas dos novos Xbox, iniciadas na tera-feira (22), ocorreram como a Microsoft esperava: unidades esgotadas em menos de...

O TikTok foi um dos aplicativos que mais cresceu e mais deu lucro entre o fim de 2019 e o incio de 2020. Com mais de dois bilhes de downloads, a popular rede social est no meio da disputa entre os Estados Unidos e a China, e pode se ver banida do pas norte-americano nas prximas semanas. Mas esse vcuo no permanecer desocupado por muito tempo.

O Instagram realiza, nesta quarta-feira (5) o lanamento de Reels em mais de 50 pases, incluindo os EUA. A ferramenta, que basicamente uma cpia do TikTok (assim como os Stories foram copiados do Snapchat) j estava em testes no Brasil, Frana e Alemanha.

Curiosamente, o Reels chega uma semana depois que o CEO do Facebook (dono do Instagram), Mark Zuckerberg, foi questionado pelo Congresso dos EUA sobre as prticas supostamente anticompetitivas de sua empresa, incluindo a cpia de ideias dos concorrentes. Assim como o TikTok, o Reels permite que os usurios gravem e editem vdeos, adicionando msicas e efeitos especiais.

“O momento do lanamento coincidncia”, garante o chefe de produtos do Instagram, Vishal Shah, “o recurso est em desenvolvimento h mais de um ano”. O executivo, porm, admite que o TikTok fez um “trabalho incrvel”, mas disse que a empresa chinesa no inventou o mercado de vdeos em formato curto. “A inspirao para os produtos vem de todos os lugares. Fomos muito claros em produtos no passado que tambm foram inspirados por outras empresas”, completou.

Em uma publicao no blog oficial da empresa, o CEO do TikTok, Kevin Mayer, fez uma provocao ao Facebook e chamou de “imitao” o Reels. “No TikTok, acolhemos a concorrncia. Acreditamos que a concorrncia justa nos torna melhores. Para aqueles que desejam lanar produtos competitivos, dizemos: ‘tragam’. O Facebook est at lanando outro produto imitador, o Reels (vinculado ao Instagram), depois que seu outro imitador Lasso falhou rapidamente”, escreveu o executivo.

O Lasso, citado por Mayer, foi lanado no fim de 2018, em uma poca em que o TikTok comeava a se tornar bastante popular em alguns pases. Como o Reels, funcionava de maneira bastante semelhante ao TikTok, com vdeos de 15 segundos sobrepostos com msicas famosas. Foi descontinuado oficialmente em junho.

“Mas vamos concentrar nossas energias na concorrncia justa e aberta a servio de nossos consumidores, em vez de ataques malignos de nosso concorrente – o Facebook -, disfarados de patriotismo e projetados para pr um fim nossa presena nos EUA”, completou o CEO do TikTok.

O TikTok tem sido alvo de ataques crescentes do presidente Donald Trump e de alguns de seus apoiadores por preocupaes de que a empresa esteja fornecendo dados de usurios norte-americanos ao governo chins. A empresa garante que no o faz, e que armazena os dados de clientes americanos nos Estados Unidos.

Trump, entretanto, tem explorado opes para proibir o TikTok ou forar a sua dona, ByteDance, a se desfazer das operaes nos EUA. A Microsoft est negociando a aquisio do TikTok no pas – mas tem um prazo para finalizar a compra, caso ela realmente ocorra.

Via: Washington Post

Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

LG patenteia dispositivo com tela OLED enrolável

As inovaes nas telas dos dispositivos esto acontecendo diante dos nossos olhos. Smartphones com visor dobrvel, alguns com duas...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -