18 C
Distrito Federal
quinta-feira, 1 outubro, 2020 - 12:07 PM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

75 anos do bombardeio atômico a Hiroshima e o seu legado

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

09 SETEMBRO

09 SETEMBRO Fonte: Agência Brasília

11/09/2020

11/09/2020 Fonte: Agência Brasília

Eram 8h15 do dia 6 de agosto de 1945, em Hiroshima, no Japo, quando uma aeronave americana Boeing B-29 chamada “Enola Gay” jogou uma bomba de urnio de 4,4 toneladas apelidada de “Little Boy” sobre a cidade. Cerca de 70 mil pessoas morreram instantaneamente pela exploso, em um raio de destruio de cerca de 1,3 quilmetro. At 1950, o nmero de vtimas aumentaria para 200 mil, em decorrncia das queimaduras fatais e doenas causadas por radiao.

Mas essa histria comea alguns anos antes. Em 1942, o governo dos Estados Unidos iniciou o “Projeto Y”, o grupo que projetaria e construiria uma arma para terminar a Segunda Guerra Mundial, que vinha devastando a Europa e o leste asitico desde 1939. Los Alamos, no Novo Mxico, foi o local escolhido para receber parte do grupo do Projeto Manhattan que projetaria uma bomba de fisso atmica.

Em 16 de julho de 1945, os cientistas conduziram um teste que comprovaria a viabilidade de se disparar energia a partir do tomo. s 5h29m45s da manh, os detonadores acenderam explosivos em torno de um grande globo de ao, preso uma torre de 30 metros. A exploso provocou uma reao em cadeia da fisso no plutnio que liberou uma fora explosiva de 21 quilotons (equivalente a 21 mil toneladas de TNT), mais do que o previsto.

Um claro ofuscante de luz e um som estrondoso antecederam uma nuvem de cogumelo de 11 quilmetros ps de altura. O teste “Trinity” inaugurou a chamada Era Atmica, uma corrida tecnolgica entre Estados Unidos e Unio Sovitica, que teve resultados terrveis ao mesmo tempo que representou um avano como nunca visto na cincia e na tecnologia.

“Se bombas atmicas forem adicionadas como novas armas aos arsenais de um mundo em guerra, ou aos arsenais de naes que se preparam para a guerra, chegar o tempo em que a humanidade amaldioar os nomes de Los Alamos e Hiroshima”, afirmou em 1945 o cientista-chefe do Projeto Manhattan, Robert Oppenheimer. Depois da Segunda Guerra, o pesquisador tornou-se um defensor de controles mais rgidos para armas atmicas. “Os povos deste mundo devem se unir ou perecero”, alertou Oppenheimer.

Para alm do seu poder destrutivo, a energia nuclear trouxe desenvolvimento para a medicina. A historiadora da Universidade de Princeton, Angela Creager, passou mais de uma dcada pesquisando os primeiros esforos para transformar o conhecimento e a tecnologia desenvolvidos para o Projeto Manhattan em usos pacficos. Sua pesquisa culminou no livro “Life Atomic: Radioisotopes in Science and Medicine“, que detalha como esse esforo tornou possveis avanos importantes.

“Geralmente, quando pessoas comuns e estudiosos pensam no legado do Projeto Manhattan, lembram de como a fsica e a engenharia foram usadas militarmente. Pensamos em um legado destrutivo, na corrida armamentista, na Guerra Fria”, afirma Creager. “Parte do que descobri foi que a energia atmica tinha tanto legado em alguns dos campos que consideramos to pacficos quanto nos usos militares”.

Tratamentos para cncer, especialmente usando cobalto-60; testes de diagnstico (que ainda so amplamente utilizados); estudos sobre o funcionamento das vias metablicas, como a da fotossntese; um melhor entendimento sobre como o corpo humano absorve e utiliza substncias como o ferro e at pesquisas sobre matria e energia passam atravs de componentes orgnicos e inorgnicos no meio ambiente. Esses e outros avanos foram possibilitados pela disponibilidade de radioistopos de tomos estveis.

Da mesma forma que se acreditou que a bomba atmica tornaria obsoletos todos os explosivos convencionais, nos anos 1950 acreditava-se que usinas nucleares substituiriam fontes de energia como carvo e petrleo. Desastres como os que aconteceram em Chernobyl, na Ucrnia, em 1986, e em Fukushima, no Japo, em 2011, causaram srios abalos nessa popularidade.

Os subrbios de Chernobyl ainda apresentam ndices elevados de radiao. Imagem: iStock

Ainda assim, Estados Unidos, Frana, China, Rssia, Coreia do Sul, Canad, Ucrnia, Japo, Sucia, Espanha, Reino Unido, Blgica e ndia esto entre os maiores consumidores de energia nuclear atualmente, operando mais de 300 reatores. Na Frana, por exemplo, 70% da energia consumida vem da fisso nuclear, enquanto nos EUA esse ndice de quase 20%, de acordo com a Agncia Internacional de Energia Atmica da ONU.

A Era Atmica influenciou tambm a cultura. O filme japons “Godzilla”, lanado apenas nove anos depois do ataque norte-americano, usa um monstro gigante como metfora para o horror causado pela bomba. A disputa entre EUA e Unio Sovitica tema da comdia “Dr. Fantstico”, de Stanley Kubrick, cujo ttulo original em ingls possui um subttulo que entrega a crtica do enredo: “Dr. Strangelove or: How I Learned to Stop Worrying and Love the Bomb” (Dr. Strangelove ou: Como eu aprendi a parar de me preocupar e amar a bomba).

Super-heris surgiram a partir do poder do tomo. Peter Parker foi picado por uma aranha radioativa e se tornou o Homem-Aranha, enquanto Bruce Banner foi atingido por raios gamas e, quando perde o controle, se transforma no Incrvel Hulk. At a moda foi influenciada, quando uma pea de roupa de banho recm-criada recebeu o nome de um dos locais de testes atmicos, o Atol de Bikini.

A cidade de Hiroshima se reconstruiu das cinzas, como promotora da paz e do desarmamento nuclear. Todos os anos, no dia 6 de agosto, a “Cidade da Paz” promove eventos para lembrar ao mundo o quo terrvel a energia atmica pode ser, se usada incorretamente. Em 2020 isso no ser diferente – se uma bomba atmica no os parou, porque a pandemia da Covid-19 lhes tiraria o mpeto?

A cerimnia do 75 aniversrio ser transmitida online, em ingls, direto do Parque Memorial da Paz. Ao longo do dia, com visitas virtuais sero conduzidas e testemunhos de dois sobreviventes da bomba atmica sero exibidos. “Temos que levar a mensagem de Hiroshima para pessoas em todo o mundo que no sabem o que realmente acontece se algum usa uma arma nuclear”, afirma Reiko Inaba, tesoureira do grupo Intrpretes para a Paz de Hiroshima, fundado em 1984 para fornecer visitas guiadas e servios de traduo para ativistas, jornalistas e outros visitantes da cidade.

Geoff Whalan/Flickr

O Parque Memorial da Paz de Hiroshima ficalocalizado no antigo centro comercial e residencial da cidade. Imagem:Geoff Whalan/Flickr

Mesmo tantas dcadas depois, Hiroshima ainda guarda cicatrizes da exploso da bomba atmica. Um estudo de 2019 estimou que 2,5% de toda a areia das praias ao redor de Hiroshima composta de partculas vtreas que um dia foram os edifcios da cidade. Com a exploso nuclear, ao e concreto foram varridos e fundidos pelo calor, antes de se resfriarem e carem no solo como uma chuva fina de cacos de vidro.

Com a pandemia do novo coronavrus, o Museu Memorial da Paz de Hiroshima tem se dedicado a publicar no YouTube parte do seu acervo de imagens e testemunhos. O canal j possui quase 500 vdeos, e os administradores planejam adicionar legendas em ingls para melhorar a acessibilidade internacional.

“O coronavrus uma coisa ruim e triste, mas tambm nos trouxe coisas novas”, acredita Tomoko Watanabe, diretora executiva da ANT-Hiroshima, um grupo local voltado para a educao fundado em 1989. “Podemos obter muita inspirao da situao do coronavrus sobre como mudar nossa sociedade, nossa economia e nossos relacionamentos uns com os outros”, diz ela. “O planeta inteiro enfrenta a mesma situao – no apenas com a pandemia, mas tambm com as mudanas climticas e a guerra nuclear”.

Via: Japan Times/Science Alert/Los Alamos National Laboratory/Princeton University/Inside Science


Japo guerra bomba nuclear guerra nuclear fisso nuclear energia nuclear Bomba Atmica Hiroshima tomo

Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Tech, Ciência e Espaço | As principais notícias para começar o dia

OOlhar Digitalpreparou um resumo dos principais assuntos em tecnologia, cincia e espao para voc comear o dia informado do...

Microsoft Outlook tem instabilidade e fica fora do ar nesta quinta

O Microsoft Outlook passa por instabilidade que afeta o acesso ao servio de e-mail no mundo todo. Usurios comearam a reportar problemas para utilizar...

Cortes no Goldman levam demissões em bancos a quase 70 mil

(Bloomberg) — Os cortes de empregos no setor bancário continuam com o...

Plano de mineração de Bolsonaro ameaça indígenas e

Mais espaço para o capital estrangeiro, flexibilização das leis ambientais, destruição do...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -