21 C
Distrito Federal
segunda-feira, 28 setembro, 2020 - 02:51 AM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Descoberta sobre criaturas do fundo do mar põe em xeque os limites da vida

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

09 SETEMBRO

09 SETEMBRO Fonte: Agência Brasília

11/09/2020

11/09/2020 Fonte: Agência Brasília

Cientistas de Londres fizeram uma descoberta que levanta questionamentos sobre o os limites da vida. Isso porque criaturas misteriosas que se escondem nas profundezas do fundo do mar sobrevivem com fluxos de energia inferiores aos anteriormente imaginados para sustentar a vida.

Para se colocar em perspectiva, esses organismos existem com uma energia cerca de 50 quintilhes (bilhes de bilhes) de vezes menor que a necessria sobrevivncia dos humanos – a qual igual potncia necessria para acionar um ventilador de teto. O estudo feito por pesquisadores da Universidade Queen Mary foi publicado na Science Advances.

“De fato, acabamos de descobrir que certas formas de vida podem ser to incrivelmente inativas que expandiram nossa concepo de como a vida na Terra e em outras partes do cosmos pode parecer”, afirmou o cientista e principal autor do estudo, James Bradley.

Segundo ele, embora o fundo do mar seja um ambiente muito limitador de energia, contm uma grande quantidade de vida microbiana. “O nmero de clulas contidas em sedimentos submarinos globais equivalente ao nmero de clulas em todos os solos da Terra ou em todo o oceano global da Terra”, acrescentou.

Estudo de profundeza ocenica feito em 2014. Foto: Geoff Wheat and the National Deep Submerge Facility

Biosfera subterrnea

Os cientistas descobriram pela primeira vez a existncia dessa profunda biosfera subterrnea dcadas atrs, perfurando ncleos de regies costeiras de oceanos em todo o mundo. Tais expedies revelaram que a vida, na forma de clulas microbianas intactas, chegou a nichos encontrados quilmetros abaixo da superfcie marinha.

O modelo numrico usado pela equipe para calcular os nveis de energia para a sobrevivncia das criaturas focou em como os ecossistemas digerem partculas de carbono orgnico – principalmente os restos de material morto – que submergem no fundo do mar.

“Temos boas evidncias para acreditar que a oxidao do carbono orgnico, a queima dessa matria orgnica, a principal fonte de combustvel para a vida no subsolo”, explicou Bradley. ” um sistema isolado da luz e depende da entrada desse material orgnico que afunda no fundo do mar e, em seguida, de seu enterro e deposio eventual”.

As descobertas da equipe cobrem sedimentos que datam de 2,6 milhes de anos, mas os cientistas esperam recuperar mais amostras que possam levar essa data para mais de 50 ou 100 milhes de anos.

Via: Vice


Energia carbono oceanos fundo do mar vida

Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

GDF investe em tecnologia e técnica sustentável – Agência Brasília

Equipamentos de última geração estão sendo utilizados na obra, um marco na história do GDF | Fotos: Paulo H. Carvalho/Agência BrasíliaQuem passa pela...

Homem é preso por violência doméstica e tráfico de drogas na Estrutural

Um homem de 28 anos foi preso por tráfico de substância entorpecente e violência doméstica, por volta das 18h deste domingo (27), no Setor...

Atlético-GO e Botafogo empatam em 1 a 1 no estádio Olímpico

Empate que não foi bom para ninguém. Atlético-GO e Botafogo ficaram no 1 a 1, no Estádio Olímpico, em Goiânia (G), em um jogo...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -