23 C
Distrito Federal
terça-feira, 29 setembro, 2020 - 02:57 AM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Trump assina ordem para banir TikTok e WeChat no prazo de 45 dias

Mais Lidas

Ouvidoria recebe, GDF Presente atende – Agência Brasília

No Riacho Fundo II, foram recolhidas 251 toneladas de entulho das ruas, estradas e áreas públicas| Foto: DivulgaçãoO...

09 SETEMBRO

09 SETEMBRO Fonte: Agência Brasília

11/09/2020

11/09/2020 Fonte: Agência Brasília

A guerra entre Donald Trump e TikTok passou por altos e baixos durante os primeiros dias de agosto. Primeiro, o presidente afirmou que baniria o aplicativo dos EUA; depois, que ordenaria a compra de suas operaes por uma empresa americana.

J na noite de quinta-feira (6), o presidente dos EUA decidiu unir as duas jogadas: agora, ser proibido fazer download do TikTok a partir de 20 de setembro, a menos que o app j tenha sido adquirido pela Microsoft at l.

A medida vale tambm para o servio de mensagens chins WeChat. A ordem do executivo que nenhuma empresa ou cidado americano realize transaes com os aplicativos passado o prazo de 45 dias. Baix-los nas lojas do Google e da Apple, negociar publicidade com seus desenvolvedores e, sobretudo, comprar suas operaes so exemplos de transao.

Risco s informaes pessoais

De acordo com a Casa Branca, esses aplicativos colocariam em risco as informaes pessoais dos americanos, potencialmente permitindo China “rastrear os endereos de funcionrios federais, criar dossis para chantagem e conduzir espionagem corporativa”.

“A disseminao de aplicativos controlados pelo governo chins ameaa a segurana nacional, a poltica externa e a economia dos Estados Unidos”, diz a ordem, destacando que devem ser tomadas medidas “agressivas” com a finalidade de proteger o pas.

O documento formaliza o que j se sabia. Quando confirmou o interesse em adquirir o TikTok, a Microsoft citou que teria 45 dias para concluir as negociaes. Na prtica, Trump consegue deixar o aplicativo sem sada.

WeChat concorrente chins do WhatsApp. Imagem: Reproduo

De qualquer forma, o app como hoje ter de deixar os EUA. Agora, resta empresa escolher o tamanho do prprio prejuzo: vender seus ativos por meio de termos e condies apressados ou simplesmente ir embora sem nada.

Em relao ao WeChat, nenhuma empresa americana manifestou interesse em compr-lo at o momento.

Com a aproximao das eleies americanas, a ordem serve tambm como uma demonstrao de poder do presidente e da prpria nao, que, segundo o slogan de campanha de Trump, precisa ser “grande novamente”. Em comunicado oficial, no entanto, o TikTok aponta uma mancha na reputao dos EUA.

“Esta ordem executiva corre o risco de minar a confiana das empresas globais no compromisso dos Estados Unidos com o Estado de Direito, que serviu como m para investimentos e estimulou dcadas de crescimento econmico americano. Ela estabelece um precedente perigoso para o conceito de liberdade de expresso e de mercado”, afirma o aplicativo.

Tanto a Microsoft como o WeChat preferiram no se manifestar.

Via: The Washington Post

Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Revogação de normas de proteção ambiental pode gerar mais

As extinção de normas de proteção pelo Conselho...

Confira novas renderizações do Mate X2, próximo dobrável da Huawei – Olhar Digital

Com base em rumores, vazamentos e esboços de patentes, o portal LetsGoDigital desenvolveu renderizações do futuro Huawei Mate X2, o segundo celular dobrável da...

Evasão de abordagem e apreensão de substâncias entorpecentes

O GTOP 21 ALFA do 1º BPM perseguiu um veículo Ford Escort que empreendeu fuga ao perceber que iria ser abordado pela equipe, o...

“País renunció a su dignidad”, dice Roberto Amaral sobre

En medio de una de las mayores crisis sanitarias y económicas de...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -