18.7 C
Distrito Federal
terça-feira, 20 outubro, 2020 - 11:14 AM
No menu items!
- PUBLICIDADE -

Veja os 11 principais pontos do depoimento de Zuckerberg no Congresso

Mais Lidas

No dia 29 de julho, o fundador e CEO do Facebook Mark Zuckerberg passoucerca de cinco horas depondo para congressistas perante ao subcomit da Cmara sobre antitruste, o conjunto de normas do governo americano que regulam grandes organizaes corporativas em relao monoplio e abuso de poder.

Apesar dos depoimentos de Zuckerberg sobre a ascenso do Facebook, os fatos apresentados pelos congressistas apontaram para um possvel uso de poder e tentativa de monoplio na compra de mdias sociais com potencial de crescimento.

Os 11 principais tpicos levantados na sesso:

  1. O vice-presidente do subcomit JoeNegusecitou uma apresentaode 2012 dada porSherylSandberg,ento CEO do Facebook. Nessa apresentao ela dizia que a rede social era 95% de todas as mdias sociais nos Estados Unidos.Neguseargumentou que, de 2004 at 2012, o MySpace,Friendster, Orkut e o Yahoo360, que eram os principais concorrentes do Facebook, desapareceram.
  1. O Facebook sempre comprou a concorrncia, isso aconteceu com o Instagram e WhatsApp, por exemplo. Este foi mais um argumento levantado porNeguseao citar um e-mail de Zuckerberg que foi enviado a todos os funcionrios do Facebook dizendo que eles teriam poder para adquirir qualquer empresa concorrente com potencial de crescimento. Zuckerberg, ento, disse que em 2012, considerava o Instagram um concorrente, mas que a marca s cresceu e se tornou o que hoje graas compra pelo Facebook.

  1. De acordo com a congressista democrataPramilaJayapal, Zuckerberg ameaou o cofundador do Instagram KevinSystrom. Segundo ela “Sysstromdisse para um investidor em 2012, que ele temia que Zuckerberg entrasse em ‘modo de destruio’, caso ele no vendesse o Instagram”. De acordo com o presidente do Comit JudicirioJerroldNadler, a compra do Instagram pelo Facebook viola o conjunto de leis antitruste.

  1. O Facebook copiou recursos do aplicativo Snapchat, sugeriuNeguse.Jayapaltambm afirmou que Zuckerberg alertou EvanSpiegel, fundador do Snapchat, que sua rede social estava tendo seus recursos copiados pelo prprio Facebook. Para reforar este argumento, o CEO do aplicativo chinsTikTok, Kevin Mayer, afirmou que o Facebook lanou um produto que imitava as funcionalidades doTikTok, oReels,disponvel no Instagram.

  2. Mais uma vez,Jayapalapresentou novos e-mails de MarkZuckergbergem que ele dizia equipe que eles deveriam “ser mais geis e copiar outros aplicativos”. Zuckerberg, por sua vez, disse que uma plataforma copiar recursos de outra uma coisa comum no ramo de aplicativos.

Mark Zuckerberg responde a congressistas americanos sobre monoplio e uso de poder contra empresas concorrentes, ferindo o conjunto de normas antitruste. Foto: Wikimedia Commons

  1. Questionado sobre o motivo de o Instagram no ter sido divido em uma empresa separada, Zuckerberg voltou a dizer que na poca da compra, no era garantido que o Instagram seria uma grande marca como conhecemos hoje, e que o investimento do Facebook no aplicativo fez com que o Instagram obtivesse esse sucesso.

  1. A congressista democrata ValDemingssugeriu que o Facebook usou suas polticas para surpreender concorrentes quando, em 2012, Zuckerberg revelou que a empresa lanou polticas para atingir concorrentes que utilizavam suas plataformas. Segundo ela, oMessageMeteve seu acesso restrito quando um funcionrio identificou que o aplicativo era promissor. Ainda de acordo comDemings, em 2014 o Facebook tentou limitar o acesso do Pinterest rede social.

  1. Quando foi a vez do congressista democrata Hank Johnson falar, ele questionou Zuckerberg sobre o acesso aos dados de concorrentes usando as ferramentas da rede social, e que o Facebook possui informaes sobre sites e aplicativos concorrentes. Alm disso, ele tambm citou um e-mail do vice-presidente do Facebook, que falava sobre a necessidade de criar um programa de anlise que fosse possvel separar quem ‘amigo e quem inimigo’.

  1. A polmica de 2013 do Facebook em relao compra do aplicativo de segurana israelenseOnavoProtecttambm virou pauta da sesso. Johnson levantou a questo sobre Zuckerberg ter usado o aplicativo para saber quais apps eram mais populares entre os usurios e, assim, ficar por dentro de potenciais concorrentes.

  1. Johnson tambm questionou Zuckerberg sobre o uso dos levantamentos doOnavoProtecte FacebookResearchcom o objetivo de comprar o WhatsApp. Zuckerberg respondeu que eles tinham a ‘trajetria do WhatsApp, apesar de no precisarem disso’.

  1. Outro congressista que levantou pontos importantes foi o democrata DavidCicilline. Segundo ele, por monoplio do Facebook, no h incentivo para moderar a prpria pgina, alm de ter afirmado que a rede social quem define como a publicidade reproduzida e, por isso, eles devem se responsabilizar por isso. O contedo relacionado Covid-19 tambm foi levantado porCicilline. Segundo ele, um vdeo do site Breitbart que continha informaes falsas sobre o vrus atingiu 20 milhes de visualizaes e 100 mil comentrios antes de ser removido.to grande que, mesmo com as polticas corretas, no pode conter o contedo mortal”.


Facebook pinterest instagram estados unidos tik tok Mark Zuckerberg lei antitruste

Fonte: PMDF

- PUBLICIDADE -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

Calendário da Escola de Esporte retorna em 2021 – Agência Brasília

A Secretaria de Esporte e Lazer informa que as aulas on-line da Escola de Esporte, promovidas durante a pandemia, terminaram nesta segunda-feira (19/10)....

“Ligação entre Bolsonaro e milícias é ideológica”, mostra

Em 304 páginas, o jornalista Bruno Paes Manso narra a história das...

WhatsApp Web inicia testes com chamadas de vídeo e voz no PC

O WhatsApp Web para computadores pode ganhar, em breve, a funo de realizar chamadas por vdeo e voz. Na verso '2.2043.7' do mensageiro para...
- PUBLICIDADE -

Continue Lendo

- PUBLICIDADE -