in

Xiaomi lança TV transparente de quase R$ 40 mil

Desligada, um vidro transparente. Ligada, as imagens parecem flutuar no ar. Essa a promessa da Xiaomi, com o lanamento da Mi TV Lux OLED Transparent Edition. O aparelho de 55 polegadas estar venda na China a partir do prximo dia 16, e vai custar 49.999 yuans (cerca de R$ 38 mil em converso direta).

De acordo com a fabricante, a Mi TV LUX OLED Transparent Edition no possui um painel traseiro, como as TVs comuns. O aparelho incorpora todas as unidades de processamento de imagem em seu suporte de base, projetando a imagem na estrutura acima, que tem 5,7 mm de espessura.

No comunicado oficial, a Xiaomi se vangloria de ser a primeira produtora em massa de TVs OLED transparentes do mundo. Mas no inventou a TV transparente: como destaca o site Engadget, o modelo chins se parece bastante com a linha Transparent OLED Touch Signage, da LG. Ambas possuem, por exemplo, taxa de atualizao de 120 Hz, profundidade de cor de 10 bits e tempo de resposta de 1 ms.

Assim como outras TVs da Xiaomi, a Mi TV LUX Transparent Edition equipada com um AI Master Smart Engine, que com o chip MediaTek 9650, promete mais de 20 algoritmos de otimizao e otimizao dedicada para 5 cenrios de uso. A ideia que o prprio aparelho otimize de forma inteligente sua resoluo de acordo com o ambiente.

Nos ltimos sete anos, a linha de TVs da Xiaomi cresceu ao ponto de se tornar uma das principais fornecedoras da China, com remessas anuais superiores a 10 milhes de unidades. Os aparelhos ainda no tm previso de chegar ao mercado brasileiro, que s recebeu o Mi Stick TV – capaz de rodar o sistema Android em aparelhos de televiso convencionais com uma entrada HDMI – no fim do ms passado.

Via: Engadget


OLED Smart TV xiaomi Redmi TV

Fonte: PMDF

What do you think?

Written by admin

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

o que separa os otimistas e os desconfiados com a recuperação da companhia no pós-pandemia

Recurso de limitar respostas chega a todos os usuários do Twitter