Presos suspeitos de envolvimento na morte de mototaxista em Luziânia

Operação Fama Alfa foi realizada pela Polícia Civil de Goiás imagem13-06-2019-00-06-20A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH), desencadeou ontem (11/06), a Operação Fama Alfa que foi responsável pela prisão de três investigados pela prática de homicídio qualificado.

Segundo as investigações, o crime aconteceu no dia 16 de junho do ano passado, no bairro Parque JK. A vítima, Fernando Antônio Marinho, foi morta após ser alvejado por disparos de arma de fogo.

De acordo com a PCGO, consta nos autos do inquérito policial que a vítima possuía desavenças com os autores, os quais a acusavam de ter praticado furtos no bairro. Em vista disso, arquitetaram a morte de Fernando. Os suspeitos sabiam que a vítima trabalhava como mototaxista e realizaram uma chamada telefônica para solicitar o serviço. Assim que ele chegou ao local combinado, foi alvejado pelos disparos fatais, sem chances de defender ou fugir da empreitada criminosa.

A polícia também informou que um dos coautores já havia sido preso pela equipe do GIH, que continuou nas investigações e identificou os comparsas. As diligências ainda prosseguem no intuito de localizar e prender o quinto coautor da infração penal. Os presos foram recolhidos ao CPP, onde aguardarão à disposição do Poder Judiciário.

Da Redação do Alô Valparaíso/*Com as informações da Polícia Civil gih

GIH prende três em Luziânia. (Foto: Reprodução/Polícia Civil)

Conteúdo Bloqueado

Ajude-nos a crescer! Compartilhe esta matéria com seus amigos no Facebook clicando no botão abaixo para desbloquear o conteúdo automaticamente. Compartilhar é grátis!

Clicando no botões você concorda com os termos de uso e política de privacidade