Menina sobrevive a câncer e se torna dama de honra do casamento de sua doadora – Crianças Especiais

0
8
Menina sobrevive a câncer e se torna dama de honra do casamento de sua doadora   Crianças Especiais
Menina sobrevive a câncer e se torna dama de honra do casamento de sua doadora Crianças Especiais

Uma menina de três anos emocionou a todos quando tornou-se dama de honra de seu doador de medula óssea.

Skye Savren-McCormick foi escolhida como dama de honra desse momento tão especial. Para tanto ela se preparou, treinou bastante para ser a florista dessa cerimônia.

Durante a cerimônia, ao entrar jogando as pétalas de rosas a menina arrancou lágrimas do público presente.

A cura

A razão dessa emoção é porque Skye venceu um câncer. Câncer o qual os médicos lhe deram o prognóstico de 10% de chances de sobreviver a doença.

A única forma de sobreviver seria por meio de um transplante de medula óssea. E assim, seus pais aceitaram a doação de Hayden Hatfield Ryals, que mais tarde convidou Skye para ser a dama de honra de seu casamento.

Algum tempo depois, já na cerimônia de casamento, o que mais se viu e ouviu quando a pequena adentrou na igreja foram soluções e choro dos presentes, que se sentiram muito tocados pela sua coragem e determinação. Aqueles que estavam na cerimônia naquele dia dizem que nunca vão esquecer.

Não havia um olho seco na igreja”, disse a fotógrafa de casamentos Jeannie Broadway. “Você podia ouvir os soluções dos convidados.”

Skye lutou contra o câncer toda a sua vida

imagem22-01-2020-23-01-20

A menina foi diagnosticada com uma forma rara de câncer chamada Leucemia Mielomonocítica Crônica (LMMC) com menos de um ano de idade. Ela recebia transfusões de sangue e plaquetas quase que diariamente. A criança ficou no hospital por 10 meses devido a complicações médicas durante o tratamento. Mas ela precisava de um transplante de medula óssea – e rápido. Felizmente, uma combinação perfeita foi encontrada, disse sua mãe, Talia Savren-McCormick.

Ryals, 26 anos, se inscreveu para ser doadora de medula óssea ainda na faculdade. Ela tinha acabado de mudar seu curso, e não tinha certeza do que queria fazer. Se sentia perdida; sempre pensou que doar sangue fosse uma atitude digna e importante, quando descobriu que poderia doar medula óssea, ela não tardou em registrar-se como doadora.

imagem22-01-2020-23-01-21

Um ano depois de se registrar, ela descobriu que era compatível com Skye. Ryals conta que a possibilidade de adoção lhe deu um propósito de vida novamente.

Isso mudou tudo”, disse Ryals. “Tornou-se minha prioridade número um a partir daquele momento.” Doar medula óssea é um procedimento anônimo, então Ryals e Skye não se encontraram. Mas a partir dessa cirurgia em 2016, as duas estavam ligadas.

A família da garota recebeu notícias ainda piores: Skye havia desenvolvido uma segunda forma de câncer, dessa vez o chamado “pós-transplante de doença linfoproliferativa”. Menos de 1% dos receptores de transplante de medula óssea são diagnosticados com essa doença, o que demonstra o quão raro é a condição. As chances de sobrevivência de Skye pareciam sombrias. Mas após a quimioterapia e de mais um transplante de medula óssea, ela conseguiu.

imagem22-01-2020-23-01-21

Ela é uma lutadora, cheia de coragem, esperança e vontade de viver… acho que todos nós temos algo a aprender com essa criança de 3 anos”, disse Ryals.

A apresentação

Logo após o primeiro transplante de Skye e Ryals, a doadora enviou à família uma carta anônima através da Be the Match, a organização sem fins lucrativos por meio da qual ela doou sua medula óssea. A carta dizia que Ryals estava pensando na família de Skye e que ser chamada para doar havia lhe dado um senso de propósito. Savren, mãe de Skye, enviou uma carta anônima de volta.

Embora a família Savren vivesse na Califórnia e Ryals vivesse no Alabama, elas logo formariam um vínculo. O relacionamento começou por e-mail, depois por telefone e por mensagens de texto. Para o aniversário de Skye, Ryals lhe enviou um presente com um convite para servir de dama de honra em seu casamento.

imagem22-01-2020-23-01-21

Ficamos muito surpresos com o quão doce era”, disse Savren. A criança estava usando tubos de oxigênio ainda naquela época, se recuperando da quimioterapia, e na hora, não sabiam se eles realmente poderiam ir”. Não demorou para que a garota melhorasse em definitivo, recebendo o sinal verde dos médicos para poder viajar e viver uma vida normal.

Skye e Ryals se encontraram pela primeira vez no ensaio do casamento.

Nós estávamos olhando em volta, e ela [Ryals] entrou e imediatamente veio até Skye e caiu de joelhos”, disse Savren. “Skye deu-lhe um grande abraço. A noite toda elas passaram juntas, sentadas, conversando.”

As duas compartilharam uma conexão instantânea. Embora Skye seja jovem demais para saber que Ryals ajudou a salvar sua vida, ela sabe que Ryals é alguém especial, disse sua mãe. “Estou ansiosa para que Skye continue crescendo e mantendo esse relacionamento tão sincero com Hayden”, disse Savren-McCormick. Os Savren enfatizaram para as pessoas como é fácil entrar no registro público para doar medula óssea. “Qualquer um pode ser alguém que salva uma vida”, disse Savren. “Você não tem que ser um super-herói.” Ryals disse que vai se sentir conectada com Skye pelo resto de sua vida.

Deixe-nos saber o que achou, porque sua opinião é muito importante para nós.

Fonte: Fox 43