PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Aumenta combate ao tráfico de drogas na área central do DF

Mais Lidas

Portal Goiás – Entregues 400 novas viaturas e equipamentos à SSP

O governador Ronaldo Caiado fez a entrega de mais de 400 novas viaturas e equipamentos, nesta sexta-feira...

LEI MUNICIPAL Nº 1.477/2021

VER DOCUMENTO – LEI MUNICIPAL N 1.477-2021 DISPÕE SOBRE A REESTRUTURAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE...
Trabalho das equipes do Gtop 26 dá apoio ao policiamento ostensivo | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

O combate ao tráfico de drogas na região central de Brasília vem apresentando resultados expressivos, num esforço diário do Grupamento Tático Operacional 26 (Gtop 26) da Polícia Militar. Responsáveis pelo patrulhamento de locais como a Rodoviária e o Conic, os policiais efetuaram 60 prisões em flagrante de traficantes em 2020. Esse ano, já foram presas, até o momento, 12 pessoas pelo mesmo crime.

“Ano passado, tivemos a menor taxa de homicídio dos últimos 41 anos. Parte dessa conquista vem do empenho desses profissionais” Júlio Danilo, secretário de Segurança Pública

Ligado ao 6º Batalhão de Polícia Militar (BPM), o Gtop 26 dá apoio ao policiamento ostensivo, com ênfase nos crimes mais pesados. Além do tráfico, ocorrências como roubos de carros, assalto à mão armada, apreensão de armas e roubos de telefones celulares também estão na lista dos delitos combatidos pelo grupo especializado.

São policiais que fazem um trabalho de abordagem diferenciado, com o apoio do serviço de inteligência. “Os Gtops se destacam na apreensão de armas e no combate ao tráfico de drogas em todo DF”, destaca o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo. “Ano passado, tivemos a menor taxa de homicídio dos últimos 41 anos. Parte dessa conquista vem do empenho desses profissionais”, destaca o secretário de Segurança Pública, Júlio Danilo.

500 policiais atuam nos grupamentos táticos operacionais (Gtops)

Comandante do grupamento, o sargento Carlos Neto pontua que o tráfico é recorrente na região. Dessa forma, os militares realizam um “trabalho de formiguinha” para conter o crime. “A Rodoviária é um local por onde passam muitos usuários de drogas”, sinaliza. “A demanda é grande, portanto vários traficantes ‘pequenos’ atuam por ali, além do Setor Comercial, onde estamos sempre de olho”.

O Gtop 26 atua no perímetro que vai da Esplanada dos Ministérios até a Torre de TV, abrangendo, também, o Setor Comercial Sul e a Vila Planalto. No DF todo, o grupo tático conta com cerca de 500 policiais, que atuam por regiões. Eles utilizam armamentos mais pesados e passam por um treinamento antes de exercer a função.

Metodologia aprendida

“Nosso curso tático operacional nos traz uma doutrina a ser seguida”, explica o sargento. “São quatro policiais na viatura, e todos aprendem como fazer a abordagem ao criminoso e como conter aquela situação – desde o motorista até o comandante da equipe. A cada ocorrência, é como se realizássemos uma minioperação.”

Além do ataque ao tráfico de drogas, outros números registrados pela tropa da região central de Brasília em 2020 foram 16 foragidos da Justiça presos, recuperação de um veículo roubado à mão armada e 26 celulares resgatados após roubo ou furto. Este ano, até o momento, há 60 ocorrências em geral, incluindo duas armas de fogo apreendidas.

 

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE