PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Cem respiradores novos reforçarão combate à covid-19

Mais Lidas

DECRETO 1.605/2021 – COMPDEC

VER DOCUMENTO – DECRETO 1.605/2021 NOMEIA A COORDENADORIA MUNICIPAL DE PROTEÇÃO E DEFESA CIVIL (COMPDEC) INSTITUÍDA PELA LEI...
Os dez equipamentos da marca Yuwell serão para pacientes que precisam continuar o tratamento em casa. Já os noventa aparelhos da marca Resmed irão para hospitais da rede pública | Fotos: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

Mais 100 respiradores mecânicos começam a funcionar nesta segunda-feira (29) para reforçar o tratamento de pacientes com covid-19. Os equipamentos doados por duas empresas chinesas chegaram neste sábado (28) e serão direcionados a leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) da rede pública, onde há infectados com sintomas de alta complexidade.

“Essa doação demonstra mais uma vez a importância da cooperação, sobretudo em momento de pandemia, que vence barreiras geográficas”Renata Zuquim, chefe do Escritório de Assuntos Internacionais

A doação dos respiradores, inédita no DF, foi feita pelas empresas chinesas Beijing Bytedance Technology e Fundação Jack Ma e Alibaba Alibaba Grou. A intermediação foi feita pela secretaria de Saúde, pelo Escritório de Assuntos Internacionais e pelo Itamaraty. O material foi transportado do Aeroporto Internacional de Guarulhos até o de Brasília em voo de carga, já que as baterias de litium que fazem parte dos equipamentos não podem ser conduzidas em voos comerciais.

São 90 ventiladores pulmonares mecânicos, não-invasivos, com acessórios, da marca Resmed VPAP-ST de fabricação australiana. Eles serão distribuídos em hospitais do DF. O valor estimado é de UU$ 295.713,90. Os outros 10 são da marca Yuwell, de fabricação chinesa, ao custo de US$ 10 mil. Geralmente são usados por pacientes que já tiveram alta, mas que precisam continuar o tratamento em casa. Os equipamentos auxiliam na oxigenação do sangue dos internados em estado grave.

Equipamentos foram conseguidos com a integração de órgãos do DF e da União, lembrou o secretário de Saúde Osnei Okumoto

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, ressaltou a importância dos respiradores para auxiliar no combate à covid-19. “Os equipamentos vão atender os pacientes que estão em estado grave. Agradecemos muito pela doação e integração dos órgãos locais e federais que ajudaram no processo de chegada dos materiais”, destaca.

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais do GDF, Renata Zuquim, agradeceu pelos equipamentos e pelo trabalho conjunto do governo local e do MRE. “Essa doação demonstra mais uma vez a importância da cooperação, sobretudo em momento de pandemia, que vence barreiras geográficas”, afirmou.

Saiba para onde os equipamentos serão destinados:

– Hospital Materno Infantil (HMIB): 4

– Superintendência da Região de Saúde Sul: 6

– Superintendência da Região de Saúde Sudoeste: 15

– Superintendência da Região de Saúde Leste: 6

– Superintendência da Região de Saúde Oeste: 25

– Superintendência da Região de Saúde Centro-Sul: 5

– Superintendência da Região de Saúde Norte: 5

– Superintendência da Região de Saúde Central: 10

– Hospital de Base: 14

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE