PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

CGDF quer 100% de transparência como meta para 2021

Mais Lidas

PMDF recupera veículo roubado e abandonado na Arniqueira

Policiais militares do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTRAN) recuperaram um veículo produto de roubo, na tarde deste sábado...

Buraco do Tatu passará por limpeza neste domingo (18)

Durante os trabalhos haverá a interdição da faixa de rolamento no sentido em que a parede estiver em...
| Imagem: Reprodução

A Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) estabeleceu uma meta ousada para 2021: atingir 100% de transparência ativa nas Secretarias de Estado do Governo do Distrito Federal (GDF). O compromisso vem para marcar o Dia da Transparência Pública no Distrito Federal, celebrado em 3 de abril e instituído pela Lei nº 5.336/2014.

Desde 2016 a Controladoria-Geral do DF passou a realizar o ranking que avalia o Índice de Transparência Ativa no DF (Prêmio ITA) entre os órgãos e entidades do GDF, quanto à adequação em relação à Lei de Acesso à Informação (LAI). Para se ter uma ideia, no primeiro ano do ranking, as Secretarias de Estado atingiram 75% de transparência ativa enquanto que, em 2020, o Índice de Transparência Ativa (ITA) chegou a 95%. A meta para 2021 é atingir 100% de transparência em todas as Secretarias de Estado.

“Além de ser uma medida efetiva de redução da corrupção, a transparência é uma reivindicação moral fundamental nas sociedades modernas e exerce um papel relevante em um governo democrático, estreitando as relações entre o Estado e a sociedade civil. Por isso, queremos todas as secretarias de Estado 100% transparentes ainda este ano, devidamente adequadas à LAI”Paulo Martins, controlador-geral do DF

Segundo o controlador-geral do Distrito Federal, Paulo Martins, a disponibilização de informações públicas, de interesse geral e coletivo, reforça o ideal de soberania popular, na medida em que possibilita a participação do cidadão no acompanhamento e fiscalização da administração pública. “Além de ser uma medida efetiva de redução da corrupção, a transparência é uma reivindicação moral fundamental nas sociedades modernas e exerce um papel relevante em um governo democrático, estreitando as relações entre o Estado e a sociedade civil. Por isso, queremos todas as secretarias de Estado 100% transparentes ainda este ano, devidamente adequadas à LAI”, reforça.

Para auxiliar as Secretarias de Estado a atingirem 100% de transparência ativa em 2021, a CGDF vai reforçar as ações voltadas a adequar órgãos e entidades, por meio de capacitação específica, reuniões periódicas para orientação e monitoramento da evolução nos requisitos do Índice, focando especialmente nas secretarias que ainda não atingiram os 100% em Transparência Ativa nos últimos anos.

Também serão reforçados os trabalhos já realizados em nível de acompanhamento, como o canal por meio do aplicativo WhatsApp, específico para orientações e esclarecimentos sobre os requisitos que são avaliados pelo índice de transparência. O número será disponibilizado para as sSecretárias via SEI. A CGDF vai oferecer ainda capacitações periódicas a todos os órgãos e entidades sobre o tema transparência ativa por meio do projeto Espaço Aberto, voltado para a disseminação de informações sobre a Lei de Acesso à Informação (LAI).

Transparência ativa

A transparência ativa engloba informações de interesse coletivo ou geral que os órgãos e entidades do Poder Executivo do Governo do DF devem disponibilizar nos sites oficiais, independentemente de solicitação, cumprindo o artigo 8º da Lei nº 4.990/2012 e os artigos 7º e 8º do Decreto Distrital nº 34.276/2013.

O GDF, por meio da Controladoria-Geral, estabeleceu o Índice de Transparência Ativa (ITA), para mensurar o grau de cumprimento da LAI pelos órgãos e entidades do Poder Executivo do Distrito Federal.

O Índice de Transparência Ativa é calculado levando em consideração itens como a garantia do direito de acesso à informação de qualidade à população do DF; os mecanismos de incentivo da transparência pública; o incremento do Controle Social; o monitoramento da Lei de Acesso à Informação. O índice serve de base para o ranqueamento das instituições conforme o grau de publicação de informações de transparência ativa.

Índice de Transparência Ativa nas Secretarias de Estado

2016 – 75%

2017 – 77%

2018 – 87%

2019 – 87%

2020 – 95%

*Com informações da Controladoria-Geral do DF

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PMDF recupera veículo roubado e abandonado na Arniqueira

Policiais militares do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTRAN) recuperaram um veículo produto de roubo, na tarde deste sábado...
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE