download estrategia opções binárias como operar operar com o indicador sma na olymp trade day trad agora invest quanto custa operar acoes no day trade codigo para operar no day trade eletrobras pessoas que ficaram ricas com opcoes binarias trigger pro forex trading system download como operar dax pela active trader qual o horário limite para operações day trade livro trader investing investimento em renda fixa e usar para day trade e bom operar em otc em opções binária brasil trader investimentos logo ganhar dinheiro investindo em ações binarias tabela de ganho nicash trade investimentos apostilia em pdf grates para um trader investir na bolsa best forex broker australia for mirror trading como ser um operador de trade sucesso pdf
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Começam as obras do primeiro hospital oncológico do DF

Mais Lidas

Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência

Unificar as ações de prevenção e o atendimento às pessoas que sofrem qualquer tipo de violência no DF....

Oficina de primeiros socorros e workshop de bolos caseiros

Ministradas por Fernanda Pereira, formada em enfermagem e que atua há mais de 11 anos na área de...

Após uma longa batalha judicial e negociação por parte do Governo do Distrito Federal (GDF), foi assinada na manhã desta quarta-feira (9) a ordem de serviço que libera as obras de construção do Hospital Oncológico Doutor Jofran Frejat.

Ao lado do Hospital da Criança, no Setor de Áreas Isoladas Norte (Sain), a unidade é a primeira da especialidade no Distrito Federal e vai transformar a capital em referência para todo o Centro-Oeste. Na ocasião, foi lançada a pedra fundamental do prédio com a presença do governador Ibaneis Rocha.

A ser erguido em um terreno de 41 mil metros quadrados, sendo 31 mil metros quadrados de área construída, o hospital oncológico terá 172 leitos disponíveis, sendo 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 152 de internação | Fotos: Renato Alves / Agência Brasília

A construção do hospital foi possível graças ao esforço do governador Ibaneis Rocha e de sua equipe para destravar a obra junto ao governo federal e a Caixa Econômica Federal (CEF). A ação do Executivo garantiu ainda que os recursos para a construção, que estavam praticamente perdidos, retornassem para o DF.

“Nós trabalhamos ao longo desses dois anos e meio para destravar essa obra que vinha de muitos anos paralisada. Tivemos que entrar na Justiça para garantir que esse convênio fosse assinado. Essa obra vai mudar o tratamento do câncer aqui no DF e na nossa região como um todo”, explicou o governador Ibaneis Rocha.

“O convênio estava perdido porque a Caixa Econômica não aguentava mais aguardar os projetos, que vinham errados. Fomos à Justiça, conseguimos a liminar, eles julgaram o mérito da ação, ganhamos o processo e conseguimos a assinatura do convênio que nos permitiu fazer a licitação que coloca essa obra de pé”, acrescentou o governador.

A ser erguido em um terreno de 41 mil metros quadrados, sendo 31 mil metros quadrados de área construída, o hospital terá 172 leitos disponíveis, sendo 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 152 de internação.

Ele contará ainda com consultórios multidisciplinares, alas para tratamento de quimioterapia, radioterapia, medicina nuclear, endoscopia e salas de cirurgia conjugadas, além de exames de imagem como mamografia, ultrassom e raio-X. O nome da unidade homenageia o ex-deputado federal e ex-secretário de Saúde Jofran Frejat, falecido aos 83 anos, em 2020, vítima de um câncer no pulmão.


Vencedora da licitação aberta pela Secretaria de Saúde, a Endeal Engenharia e Construções Ltda. será a executora da obra, que vai gerar cerca de cinco mil empregos.

Já o projeto arquitetônico foi elaborado por uma empresa contratada pela Diretoria de Edificações da Companhia da Nova Capital (Novacap). Serão investidos R$ 99.965.265,47, recursos liberados pelo Fundo Nacional da Saúde, do Ministério da Saúde. O prazo para conclusão das obras é de 36 meses.

Pela projeção da Secretaria de Saúde, o Hospital Oncológico de Brasília terá capacidade de realizar até nove mil atendimentos por ano. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Distrito Federal registra, anualmente, cerca de 5,5 mil casos novos da doença em adultos.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, afirma que com a construção vai “tornar o DF um centro de referência para a região Centro-Oeste” e que ela chega para “complementar um trabalho que já vem sendo realizado pelo HRT e pelo Hospital de Base.

O hospital terá equipamentos de alta capacidade de resolutividade, principalmente no que tange a parte de diagnóstico para os pacientes serem assistidos o mais rápido possível”, aponta.

Para o presidente da Novacap, Fernando Leite, o hospital “é, talvez, uma das maiores dívidas que os governantes do DF tinham com a população”, mas que a atual gestão tirou do papel. “Esse hospital é o sonho da classe médica de Brasília, um hospital de referência”.

Em 2019, 6.247 pessoas demandaram atendimento oncológico no sistema público de saúde. Atualmente, a rede atende a esses pacientes nos hospitais de Base (HBB), Regional de Taguatinga (HRT) e Universitário de Brasília (HUB). Os casos infantis são direcionados para o Hospital da Criança.

Galeria de Fotos

Lançamento da obra do Hospital Oncológico Doutor Jofran Frejat

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência

Unificar as ações de prevenção e o atendimento às pessoas que sofrem qualquer tipo de violência no DF....
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE