PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Equipes retiram 89 toneladas de entulho de áreas nobres

Mais Lidas

Turma das creches recebe a dose neste fim de semana

Pela primeira vez desde o início do Plano de Vacinação da Educação, haverá postos funcionando no fim de...

Festa e internet grátis na reinauguração da Feira da Candangolândia

A Feira Permanente da Candangolândia foi reinaugurada neste sábado (12) com a presença do governador Ibaneis Rocha e...

Empenhado na melhoria da qualidade de vida de toda a população, equipes do programa GDF Presente estão trabalhando pesado pelas 33 regiões administrativas. No Lago Sul, o GDF Presente e a Administração Regional atuaram em serviços de tapa-buracos no acesso à Ponte JK, uma das vias de acesso à região, e, também, no recolhimento de entulhos despejados irregularmente em áreas públicas.

Servidores utilizaram cinco toneladas de massa asfáltica para corrigir o asfalto das vias de acesso à Ponte JK | Foto: Divulgação/GDF Presente

Servidores do Polo Central Adjacente I utilizaram aproximadamente cinco toneladas de massa asfáltica para nivelar e corrigir inconsistências no asfalto das vias que dão acesso à Ponte JK. O local é um ponto de elevado índice de tráfego de veículos por ser uma das principais rotas de acesso ao Lago Sul e também à região leste do DF.

Em outro ponto da cidade, o trabalho se concentrou na retirada de 76 toneladas de entulhos despejados irregularmente em um lote na QI 19. O administrador regional do Lago Sul, Rubens Santoro, explicou a importância do serviço para a saúde pública. “Estamos em um período de proliferação da dengue, e esse local tem sido rotineiramente utilizado como ponto de descarte irregular. Temos que recolher, a saúde da população está em primeiro lugar”, avalia.

No Plano Piloto, os esforços também se concentraram em serviços de higiene urbana, mas em outros tipos de equipamentos públicos. As equipes do GDF Presente e da Administração Regional do Plano Piloto atuaram em 26 bocas de lobo na L2 Norte e na W4 Norte, no sentido Vila Planalto, passando pelo campus da Universidade de Brasília (UnB), de onde uma tonelada de material orgânico foi recolhida, principalmente terra e folhagens.

Já no Setor Noroeste, dois caminhões auxiliaram a força-tarefa a retirar outras 12 toneladas de entulhos e inservíveis próximo ao terreno que irá receber o futuro Hospital Oncológico de Brasília. “Está sendo uma semana muito produtiva para o GDF Presente no Plano Piloto e arredores. Pudemos dividir as equipes e cumprir diversas demandas da população”, ressalta o coordenador do Polo Central Adjacente I, Lúcio Barbosa.

 

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE