Para salvar estados e municípios, Ibaneis pede inclusão de todos na Reforma da Previdência – Blog do Callado

Mais Lidas

População participa de plantação de mudas nos parques de Brasília – Blog do Callado

De iniciativa da sociedade civil, a ação tem a intenção de plantar um milhão de árvores Doze parques...

Ordens “DeMolay” vinculadas à Maçonaria, serão uma só – Agenda Capital | Jornal Fogo Cruzado DF | DF IMPARCIAL

Ordens “DeMolay” vinculadas à Maçonaria, serão uma só – Agenda Capital Ordens “DeMolay” vinculadas...

Governador que há um ano não paga servidores em dia, quer ser presidente da República (veja o vídeo)

Um jovem que deu esperança ao povo do Rio Grande do Sul e assim venceu com certa folga o...

[faceturbo]

Coordenados por Ibaneis Rocha (MDB-DF), governadores de todo o país se reúnem nesta terça-feira (11), para debaterem o texto da reforma da Previdência em tramitação no Congresso Nacional

Por Toni Duarte//RADAR-DF

O governador Ibaneis Rocha voltou a defender que os estados e municípios não sejam retirados da proposta do Palácio do Planalto de Reforma da Previdência, como chegou a sinalizar o Ministério da Economia.

Hoje, cerca dos 27 governadores do país estarão reunidos para reiterarem o manifesto assinado por todos os chefes dos Executivos estaduais  que pede ao governo federal a inclusão ao texto dos estados e municípios.

Se forem excluídos e a reforma for aprovada, os 26 estados e o Distrito Federal, assim como as prefeituras, serão obrigados a realizar individualmente mudanças, dependendo da aprovação dos seus legislativos.

Ibaneis afirmou que uma preocupação dos governadores é o apoio da União para definição de regras para a criação de fundos complementares, como o criado para servidores federais.

imagem11-06-2019-12-06-33

Segundo ele, o mecanismo serve para garantir benefícios previdenciários que superam o teto do INSS e vale para quem entrou no funcionalismo a partir de 2013.

“A ideia nossa é levar ao governo um apoio condicionado também às previdências dos estados”, afirmou Ibaneis a jornalistas, no Palácio do Buriti,

Para o governador do DF, a União tem que entender que há estados menores, e de menor faixa salarial, que sequer conseguem formar um fundo por não ter massa para isso.

“Vamos ter que levar essas condições ao governo federal” disse o governador e completou:

“O que faz um fundo de Previdência complementar funcionar é o interesse do participante de migrar para o novo fundo. Vamos ter que ter instrumentos. Não adianta a União resolver seu problema e deixar todos os estados quebrados, porque o problema é dela também. Tudo isso vai no conjunto da obra”.

Como  Coordenador do V Fórum de Governadores, Ibaneis convidou o presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência na Câmara, deputado federal Marcelo Ramos (PR-AM), e o relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) para participarem dos debates de hoje.

Também marcarão presença ao encontro, o presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Glademir Aroldi e o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ).

Post Views: 15.459 [/faceturbo]

- Publicidade-

Últimas Notícias

População participa de plantação de mudas nos parques de Brasília – Blog do Callado

De iniciativa da sociedade civil, a ação tem a intenção de plantar um milhão de árvores Doze parques...

Ordens “DeMolay” vinculadas à Maçonaria, serão uma só – Agenda Capital | Jornal Fogo Cruzado DF | DF IMPARCIAL

Ordens “DeMolay” vinculadas à Maçonaria, serão uma só – Agenda Capital Ordens “DeMolay” vinculadas à Maçonaria, serão uma só...

Governador que há um ano não paga servidores em dia, quer ser presidente da República (veja o vídeo)

Um jovem que deu esperança ao povo do Rio Grande do Sul e assim venceu com certa folga o veteraníssimo José Ivo Sartori, que...

Campeonato de Jiu-Jitsu reúne os melhores atletas – Agência Brasília

Foto: Vinícius Melo/Agência BrasíliaUm público entre duas a três mil pessoas lotou o Ginásio de Esportes do Cruzeiro, no Cruzeiro Novo, neste domingo (8),...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-