PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Socioeducanda passa em 1º lugar para estágio no GDF

Mais Lidas

Portal Goiás – Governo investe R$ 13,2 mi em malha viária de Caldas Novas

Em atenção às rotas turísticas, o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e...

PMDF recupera veículo roubado e abandonado na Arniqueira

Policiais militares do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTRAN) recuperaram um veículo produto de roubo, na tarde deste sábado...

Uma adolescente que cumpre medida socioeducativa na Unidade Feminina do Gama foi aprovada em primeiro lugar no processo seletivo de estagiários do Governo do Distrito Federal (GDF) em sua região administrativa. O resultado foi divulgado pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE), parceiro da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), e também responsável pela aplicação das provas, que ocorreu entre janeiro e fevereiro deste ano.

“Vamos continuar trabalhando na ressocialização dos socioeducandos, apresentando oportunidades de estudo e trabalho para que eles transformem suas vidas”Marcela Passamani, secretária de Justiça

“Para nós, a conquista dessa jovem representa um resgate da cidadania, significa que ela teve estímulo para seguir uma nova trajetória de vida”, declara a secretária Marcela Passamani. “Vamos continuar trabalhando na ressocialização dos socioeducandos, apresentando oportunidades de estudo e trabalho para que eles transformem suas vidas”, afirma.

A seleção de estagiários foi realizada de forma on-line, com questões de língua portuguesa, matemática e informática, de acordo com a escolaridade exigida de Nível Médio.

De acordo com o CIEE, outros 23 adolescentes tiveram destaque nas provas e foram selecionados, sendo cinco da Unidade de Internação de Saída Sistemática, quatro da Unidade de Internação Feminina do Gama, três na Gerências de Semiliberdade e 11 na Gerências de Atendimento em Meio Aberto. Todos devem aguardar as convocações para as próximas etapas do processo seletivo.

“Nosso trabalho é sempre mapear as oportunidades para qualificação, capacitação, aprendizagem e estágios aos adolescentes e jovens do Sistema Socioeducativo e alcançar esse resultado no processo de seleção demonstra o engajamento tanto dos jovens quanto dos profissionais envolvidos no processo de socioeducação”, dizo subsecretário Demontiê Alves Batista Filho.

Responsabilidade social

O CIEE, por sua responsabilidade social, é parceiro da Sejus em outras frentes de inclusão e prevenção como, por exemplo, projetos de fortalecimento de vínculos, de preparação para o mercado de trabalho, e de banco de currículos para seleção em vagas de estágio e aprendiz junto a empresas públicas ou privadas.

Sistema

A Sejus coordena as políticas de ressocialização dos adolescentes em conflito com a lei no DF. Na sua estrutura, a Subsecretaria do Sistema Socioeducativo (Subsis) é a área responsável pela administração geral das 30 unidades orgânicas de atendimento aos adolescentes, sendo nove de internação, seis de semiliberdade e 15 de prestação de serviços à comunidade e liberdade assistida. O DF tem quase 2.500 adolescentes no sistema, em cumprimento de medidas de meio aberto, internação e semiliberdade.

*Com informações da Sejus

Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

Portal Goiás – Governo investe R$ 13,2 mi em malha viária de Caldas Novas

Em atenção às rotas turísticas, o Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e...
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE