PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Violência de gênero é tema de live nesta quarta-feira (24)

Mais Lidas

No aniversário de Brasília, Emater relaciona pontos turísticos e históricos

Cachoeiras, hotéis fazenda, sítios, grutas, pesque-pague, trilhas com lindas paisagens e pontos históricos, como a Pedra Fundamental, em...

Reunião trata do setor agrário nos próximos 20 anos

Foi realizada nesta terça-feira (20), a primeira reunião para tratar do Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável do Distrito...
Debate será todo no formato virtual, conforme os protocolos de saúde | Arte: Divulgação/SSP

Nesta quarta-feira (24), a Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP) promove mais uma live com temática voltada ao Mês da Mulher: Conscientização para o combate da violência de gênero. Desta vez, o debate on-line será sobre as iniciativas e ações que fazem parte do programa Mulher Mais Segura, lançado neste mês pela pasta. A transmissão, ao vivo, será feita por meio do perfil da SSP no Instagram, a partir das 16h.

“Quanto maior o esclarecimento por parte da população, maior a possibilidade de frearmos a escalada da violência e agirmos antes de um crime mais grave ocorrer, como o feminicídio” Anderson Torres, secretário de Segurança Pública

Participarão do debate virtual a coordenadora do Grupo Refletir e assessora especial da SSP, Larissa de Jesus; a coordenadora de Suporte Operacional da Subsecretaria de Prevenção à Criminalidade, Rosineide Sá, e a diretora de Educação do Campo, Direitos Humanos e Diversidade da Secretaria de Educação (SEE), Ruth Meyre.

“Diante do agravamento da pandemia e da necessidade de adotarmos mais medidas para conter o avanço da covid-19, destinamos nossa programação para o modelo virtual”, explica o secretário de Segurança Pública, Anderson Torres. “Desta forma, não deixamos de abordar essa temática imprescindível para o enfrentamento da violência de gênero, principalmente neste mês, e resguardamos nossos profissionais e convidados.”

Todo o material fica salvo no perfil da SSP. Assim, complementa o secretário, é possível fazer o compartilhamento com grande número de pessoas. “Quanto maior o esclarecimento por parte da população, maior a possibilidade de frearmos a escalada da violência e agirmos antes de um crime mais grave ocorrer, como o feminicídio”, destaca. “Sempre repito que esse é um crime de fácil elucidação – pois geralmente é cometido por um parceiro ou ex –, mas de difícil prevenção. Por isso é tão importante chegarmos ao maior número de pessoas com nossas campanhas e alertas”.

Programação especial

Desde o início deste mês, a SSP tem promovido diferentes lives para abordar a temática de enfrentamento da violência de gênero e canais de denúncia. Os temas apresentados foram Rotina das policiais civis do DF – com bastidores do filme Sem Maquiagem – Programa Mulher mais Segura e Estratégias das forças de segurança para proteção e atendimento à mulher.

Na sexta-feira (26), o programa virtual receberá a secretária da Mulher, Ericka Filippelli, e o juiz Ben Hur Viza, titular do Juizado de Violência e Familiar contra a Mulher, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT). O tema abordado será Garantia das medidas protetivas e a rede de proteção às vítimas de violência.

Na próxima semana, o titular da SPP participará de uma live com a cofundadora do Instituto Maria da Penha, Conceição de Maria. Em 9 de abril, para finalizar a programação do Mês da Mulher, será a vez de policiais e bombeiras compartilharem como é a rotina militar em tropas especializadas nas duas instituições.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública



Fonte: Agência Brasília

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

No aniversário de Brasília, Emater relaciona pontos turísticos e históricos

Cachoeiras, hotéis fazenda, sítios, grutas, pesque-pague, trilhas com lindas paisagens e pontos históricos, como a Pedra Fundamental, em...
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE