EUA: Senado assumirá impeachment em dia de cerimônia e formalidade – Agenda Capital

Mais Lidas

Ladrões são presos por policiais militares em Valparaíso de Goiás – Alô Valparaíso

Ladrões são presos por policiais militares em Valparaíso de Goiás Indivíduos cometeram roubos...

Governador Ibaneis anuncia pacote de R$ 538,5 milhões em obras – Blog do Callado

O governador Ibaneis Rocha, durante o anúncio dos pacotes, lembrou que as obras atingem várias frentes e que mais...

Dia da Visibilidade Trans terá comemoração – Agência Brasília

Nesta quarta-feira (29), às 9h30, o Dia da Visibilidade Trans será celebrado com a IV Solenidade em Homenagem às...

Foto: Reprodução

Por Reuters

WASHINGTON (Reuters) – O Senado dos Estados Unidos está tomando as medidas formais nesta quinta-feira (16) para considerar o impeachment do presidente, Donald Trump, sob a acusação de abuso de poder, mesmo que questões importantes como a presença de testemunhas em seu julgamento de impeachment permaneçam no ar.

A Câmara dos Deputados, liderada pelos democratas, enviou quarta-feira (15) duas acusações formais contra Trump ao Senado liderado pelos republicanos, abrindo caminho para que apenas o terceiro julgamento de impeachment de um presidente dos EUA comece a valer na próxima semana.

A cerimônia, em vez de substância, marcará os procedimentos de quinta-feira, com os sete “gerentes” da Câmara processando Trump para apresentar os artigos de impeachment ao Senado.

O Senado convidará o Chefe de Justiça dos EUA, John Roberts, às 14h, para prestar juramento e presidir o julgamento. Em seguida, notificará o presidente Trump na Casa Branca.

Os membros da Câmara aprovaram por 228 contra 193 votos, o impeachment de Trump, e agora cabe ao Senado a tarefa de julgar o presidente republicano por acusações de abuso de poder por pedir à Ucrânia que investigasse o rival político Joe Biden e a obstrução do Congresso por bloquear o testemunho e os documentos solicitados pelos legisladores democratas.

Espera-se que o Senado absolva Trump, mantendo-o no cargo, pois nenhum de seus 53 republicanos expressou apoio à sua remoção, um passo que requer uma maioria de dois terços.

Mas o impeachment de Trump na Câmara no mês passado vai manchar seu currículo, e o julgamento televisionado do Senado pode ser desconfortável para ele, enquanto busca a reeleição. Biden, ex-vice-presidente, é um dos principais candidatos à indicação democrata para desafiá-lo nas eleições de 3 de novembro. Trump nega irregularidades e classificou o processo de impeachment de uma farsa.

Trump também é acusado pelos democratas de abuso de seu poder ao reter US $ 391 milhões em ajuda de segurança à Ucrânia para pressionar Kiev a conduzir investigações politicamente benéficas para ele. O dinheiro – aprovado pelo Congresso para ajudar a Ucrânia a combater os separatistas apoiados pela Rússia – acabou sendo fornecido à Ucrânia em setembro, depois que a controvérsia se tornou pública.

Os republicanos argumentaram que as ações de Trump não chegaram ao nível de ofensas impecáveis. Eles acusaram os democratas de usar o caso da Ucrânia como uma maneira de anular a vitória de Trump nas eleições de 2016.

Com informações da Ag. Reuters

- Publicidade-

Últimas Notícias

Ladrões são presos por policiais militares em Valparaíso de Goiás – Alô Valparaíso

Ladrões são presos por policiais militares em Valparaíso de Goiás Indivíduos cometeram roubos...

Governador Ibaneis anuncia pacote de R$ 538,5 milhões em obras – Blog do Callado

O governador Ibaneis Rocha, durante o anúncio dos pacotes, lembrou que as obras atingem várias frentes e que mais investimentos estão previstos | Fotos:...

Dia da Visibilidade Trans terá comemoração – Agência Brasília

Nesta quarta-feira (29), às 9h30, o Dia da Visibilidade Trans será celebrado com a IV Solenidade em Homenagem às Pessoas Trans, no Salão Nobre...

Lenovo Introduces Its Best Entertainment Tablets Yet | NOTÍCIAS DO DF E ENTORNO

All right. Well, take care yourself. I guess that’s what you’re best, presence old...

Flávia Arruda será mentora em projeto para lançar mais mulheres na política – Flávia Arruda – Deputada Federal – Resgatar nosso trabalho pelo DF

A deputada federal Flávia Arruda (PL-DF) fará parte de um time de mulheres que vão incentivar e orientar o ingresso feminino na política. O...
- Publicidade-

Notícias Relacionadas

- Publicidade-