PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Programa Wi-Fi Brasil instala 13,2 mil pontos de acesso via satélite

Mais Lidas

Portal Goiás – Banco de Sangue do Hugol precisa de doação

O Banco de Sangue do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage...

Roteiros rurais valorizam pontos turísticos e históricos

Cachoeiras, hotéis fazenda, sítios, grutas, pesque-pague, trilhas com lindas paisagens e pontos históricos, como a Pedra Fundamental, em...

No aniversário de Brasília, Emater relaciona pontos turísticos e históricos

Cachoeiras, hotéis fazenda, sítios, grutas, pesque-pague, trilhas com lindas paisagens e pontos históricos, como a Pedra Fundamental, em...

Nos últimos dois anos, o programa Wi-Fi Brasil, coordenado pelo Ministério das Comunicações (Minicom), em parceria com a Telebras, instalou 13.213 pontos de internet via satélite banda larga e de alta velocidade em regiões remotas do país. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (16) pela pasta.

Ao todo, cerca 8,5 milhões de pessoas foram atendidas pelo programa. Desse total, 80%  vivem em localidades das regiões Norte e Nordeste. A expectativa do governo é que o número de pontos ultrapasse a marca de 18 mil até o fim deste ano. Dos 5.570 municípios brasileiros, quase 3 mil já foram atendidos pelo projeto.

O Wi-Fi Brasil atua em duas modalidades. Uma delas instala antenas e roteadores em locais específicos, como escolas, assentamentos rurais, unidades básicas de saúde, aldeias indígenas e telecentros comunitários. A outra modalidade disponibiliza uma antena em praça pública com acesso e livre e gratuito ao público em geral.

Dos mais de 13 mil pontos já instalados, cerca de 10 mil estão em áreas rurais e isoladas dos centros urbanos. Segundo o Minicom, são pontos de conexão com a internet que geram velocidades de conexão que variam entre 10 e 20 megabites por segundo.

As antenas do Wi-Fi Brasil recebem o sinal enviado pelo Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), equipamento brasileiro que fica a 36 mil quilômetros de distância da Terra. O SGDC entrou em órbita em 2017 e é o único satélite brasileiro com capacidade de fornecer conexão de internet banda larga de alta velocidade em qualquer parte do território nacional. De uso misto, civil e militar, o satélite também dá apoio às atividades das Forças Armadas em projetos estratégicos de defesa nacional.

Fonte: Agência Brasil

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

Portal Goiás – Banco de Sangue do Hugol precisa de doação

O Banco de Sangue do Hospital Estadual de Urgências da Região Noroeste de Goiânia Governador Otávio Lage...
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE