Portal Goiás – Governo de Goiás declara o “Queijo Cabacinha” Patrimônio Cultural

0

Iguaria, que recebe esse nome devido ao formato que possui após ser amarrada e pendurada para secar, é tradicionalmente produzida na Região do Araguaia. De origem italiana, começou a ser fabricado com leite cru para povos nômades; e o seu nome na sua região de origem é ‘Caccio Cavalo’, devido ao modo como é deixado para secar

O governador Ronaldo Caiado sancionou a Lei nº 20.963, que declara Patrimônio Cultural do Estado de Goiás o “Queijo Cabacinha”, produzido tradicionalmente na região do Araguaia. A matéria foi publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (14/01) e é de autoria do deputado Eduardo Prado.

A alegação para a declaração como Patrimônio Cultural do Estado de Goiás é que essa certificação dará reconhecimento a esse saber único e também à região onde surgiu o “Queijo Cabacinha”, que já ganhou o Brasil e o mundo, e que certamente protegerá tanto os produtores rurais que detêm essa técnica de produção quanto o produto.

A iguaria recebe esse nome devido ao formato que ela possui após ser amarrada e pendurada para secar. O “Queijo Cabacinha” é de origem italiana, e começou a ser fabricado com leite cru para povos nômades, e o seu nome na sua região de origem é ‘Caccio Cavalo’ devido ao modo como é deixado para secar.

O “Queijo Cabacinha do Araguaia” já apresenta o diagnóstico de Indicação Geográfica pelo Sebrae IG). Esse selo é uma designação que identifica um produto ou serviço como originário de uma área geográfica delimitada, determinada qualidade, reputação e outras características atribuídas a essa origem geográfica e tem por objetivo agregar valor ao produto e proteger a região produtora.

Este patrimônio da cultura goiana é produzido há quase um século nos municípios de Mineiros, Santa Rita do Araguaia, Portelândia, Doverlândia e Perolândia.

Fonte: Casa Civil – GO

Fonte: Portal Goiás

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui