Dois policiais militares da PMDF concluíram o curso de especialização de explosivos, segurança de subsolo e segurança nuclear radiológica, biológica e química realizado na Unidade Especial de Polícia (UEP) da Polícia de Segurança Pública de Portugal.

A formação do curso foi feita em Lisboa e teve duração de 5 meses. O curso é totalmente técnico e contribue para o atendimento de ocorrências que envolvam operações especiais com artefatos explosivos.

O sargento Márcio Freitas do Batalhão de Cães e o sargento Lobo do Esquadrão de Bombas do Bope foram os dois únicos representantes do Brasil e estão tecnicamente aptos. Dentre os 200 candidatos escritos, 27 foram selecionados para participar, sendo que apenas 16 conseguiram concluir o curso.

Entre as atividades, os policiais estão habilitados para a desativação de artefatos explosivos ou suspeitos, com características de atos terroristas.