robo fenix opçoes binarias drive grupo de noticias opçoes binarias telegram estratégia opções binárias 2019 opções binárias é regulamentada no brasil gráfico de opções binárias shuriken estratgias para opçoes binarias curso gratuito de trader xp investimentos como operar opçoes binarias com base em noticia posso investir 30 reais no day trade alabama secretary of state pro invest trade recomendação de compra opções binárias elhor monitor para operar day trade trading market forex educação opções binárias forex trading mudar email trading forex grafico investimentos e trader center melhores corretoras opçoes binarias brasil
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19

Mais Lidas

Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência

Unificar as ações de prevenção e o atendimento às pessoas que sofrem qualquer tipo de violência no DF....

Oficina de primeiros socorros e workshop de bolos caseiros

Ministradas por Fernanda Pereira, formada em enfermagem e que atua há mais de 11 anos na área de...

O Senado aprovou hoje (10) um projeto de lei (PL) que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS). Esse certificado permitirá que pessoas vacinadas ou que testaram negativo para covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas circulem em espaços públicos ou privados onde há restrição de acesso. O texto vai à Câmara.

Segundo o relator, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), a ideia do projeto é conciliar a adoção de medidas restritivas de contenção do coronavírus com a “preservação dos direitos individuais e sociais”. Para ele, o CSS vai ajudar estados e municípios a administrar e balancear as medidas restritivas de locomoção ou de acesso de pessoas a serviços ou locais, públicos ou privados.

Para Vital do Rêgo, o CSS traz como premissa o fato de que as pessoas imunizadas e as que testam negativo para a covid-19 representam baixo risco de propagação do vírus, desde que respeitadas as medidas profiláticas de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos. Assim, na avaliação dele, não se justifica que essas pessoas permaneçam isoladas, impedidas de trabalhar, estudar e se locomover.

O certificado poderá ser utilizado para autorizar a entrada em locais e eventos públicos, o ingresso em hotéis, cruzeiros, parques e reservas naturais, entre outras possibilidades. “Dessa forma, garantiremos não somente o direito de circulação da população, mas também a diminuição dos efeitos nocivos do isolamento social prolongado, bem como a manutenção das atividades econômicas que não puderam se adaptar a sistemas remotos de oferta de serviços e produtos”, disse o autor do projeto, senador Carlos Portinho (PL-RJ).

* Com informações da Agência Senado

Fonte: Agência Brasil

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Últimas Notícias

Governo unifica atendimento de saúde a vítimas de violência

Unificar as ações de prevenção e o atendimento às pessoas que sofrem qualquer tipo de violência no DF....
PUBLICIDADE

Continue Lendo

PUBLICIDADE