9 dicas para reduzir o plástico no dia a dia ⋆ Jardim do Mundo
9 dicas para reduzir o plástico no dia a dia ⋆ Jardim do Mundo

Julho é o mês da campanha Plastic Free July, que começou em 2011, na Austrália. A ideia é reduzir o plástico no mês de julho para poder conscientizar as pessoas de que consumimos muito mais lixo do que pensamos.

Sendo assim, propus este post para ajudar você a reduzir a quantidade de plástico que joga no lixo diariamente. Isso porque, já temos muito problemas ambientais com esse material. Ele é o responsável pela morte de muitos animais marinhos e aves, além de poluir rios e mares. 

Além do que, ainda tem o problema dos microplásticos, que são liberados das roupas de poliéster na hora da lavagem e da decomposição de garrafas, embalagens e brinquedos, por exemplo. Essas pequenas partículas de plástico acabam indo parar no mar e em rios. Os peixes e outros animais marinhos as comem e por fim, nós também ingerimos o microplástico indiretamente.

Mas qual o problema em absorvê-los? Segundo uma pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisa de Sistemas Ambientais da Universidade de Osnabrück, Alemanha, os microplásticos absorvem produtos tóxicos, como metais pesados e pesticidas. E uma vez que nós ingerimos essas partículas, estamos ingerindo os produtos tóxicos também.

Como visto, precisamos urgentemente reduzir a produção e o descarte de plástico. Sendo assim, vamos agora para as dicas de como fazer isso no dia a dia.

1. Usar saquinhos de chá feitos de pano

Quando compramos caixinhas de chá, geralmente, elas vêm embaladas em uma embalagem de plástico. Isso faz com que, a cada caixa de chá, mais plástico seja descartado. Além disso, tem o saquinho em que é guardado o chá, que também vai para o lixo.

Por isso, em vez de comprar as caixas, indicamos você a secar suas ervas e triturá-las. Depois, é só costurar ou pedir para alguém costurar um saquinho de chá feito com pano de algodão.

Assim, a cada momento de tomar chá, você enche seu saquinho com um pouco das ervas trituradas, coloca na caneca e despeja a água quente. Depois é só descartar as ervas e lavar o saquinho para usar novamente.

reduzir plásticoFonte: Um lixo a menos

2. Utilizar tecido engomado com cera de abelha

Sabe quando você quer embalar uma fatia de bolo para a viagem, uma fruta ou fechar um pote de vidro que não tem tampa? Então, em vez de usar saco ou pote de plástico para isso, pode ser utilizado um pedaço de tecido engomado com cera de abelha.

Para fazer essa embalagem ecológica, é só ter em mãos um pedaço de tecido de algodão, cera de abelha, ralador, papel vegetal e ferro de passar. Assim, rale um pouco da cera de abelha e reserve. Coloque duas folhas de papel vegetal sobre uma mesa e sobre elas disponha o pedaço de tecido. Agora espalhe a cera de abelha sobre o tecido e cubra com mais duas folhas de papel vegetal.

Por fim, com o ferro em mãos, passe sobre as folhas para que a cera derreta e o tecido a absorva. Tire as folhas de papel e coloque o tecido para secar na sombra. Assim que ele tiver seco já pode ser usado. Aliás, ele pode ser lavado sempre que precisar.

3. Usar caneca ou copo retrátil

Quando almoçamos em algum restaurante ou quando vamos tomar uma água no trabalho, é comum utilizarmos um copo plástico. Porém, esse copo só vai ser usado uma vez e depois vai parar no lixo.

Para evitar isso, o mais correto é você ter sua própria caneca ou copo retrátil. Assim, sempre que ir em algum lugar onde servem a bebida em copo plástico, peça para colocá-la em seu copo.

reduzir plásticoFonte: Nó de Mo

4. Utilizar bucha vegetal

A esponja que costumamos utilizar para lavar a louça é feita de uma mistura de plásticos. Além disso, o correto é descartá-la alguns dias após seu uso, pois ela retém uma grande quantidade de bactérias.

Sendo assim, a atitude mais sustentável é substituí-la pela bucha vegetal. Esta é produzida por uma planta e depois de usada pode ser reciclada na compostagem seca. Não é indicado colocar ela na composteira onde tem minhoca, pois o sabão ou detergente podem ser tóxicos para as minhocas.

5. Fazer compras a granel

Você já percebeu o quanto de embalagem de plástico é utilizada para embalar alimentos? Por exemplo, produtos de limpeza, feijão, arroz, açúcar, bolachas, refrigerantes, tudo é embalado com plástico. Isso quando você não pega um pacote de bolacha, por exemplo, que tem embalagem dentro de embalagem.

Sendo assim, se você tem a opção de comprar esses produtos a granel, faça isso. Leve seus potes de vidro e saquinhos de pano para fazer as compras da semana ou do mês e evite que mais plástico vá parar no meio ambiente.

6. Comprar verduras e frutas na feira

As verduras e frutas também não escapam das embalagens de plástico, pois elas precisam ser pesadas nos supermercados e para isso é usado saquinhos. Para evitar essa situação, procure comprar em feiras.

Assim, você leva sua sacola de pano e não precisa usar sacolas de plástico para comprar suas frutas e verduras.

reduzir plástico

7. Fazer os próprios produtos de limpeza e higiene

Como citamos acima, os produtos de limpeza são armazenados em embalagens de plástico. Para evitar que mais lixo vá para a natureza, faça seu próprio produto de limpeza e higiene.

Além de evitar o lixo, você estará fazendo produtos mais ecológicos e naturais, que vão agredir menos o meio ambiente. Assim, sempre que acabar um, é só usar a mesma embalagem para armazenar o novo produto feito por você.

8. Ter uma ecobag sempre a disposição

Ecobags são essenciais para fazer as compras. Dessa forma, não é preciso usar sacolas de plástico. Por isso, tenha uma sempre na bolsa. Aliás, quando ir no mercado, leve a ecobag e volte com menos lixo para casa.

9. Parar de comprar roupa nova

Você pode estar se perguntando qual o motivo de parar de comprar roupa nova. Bem, já citamos que as roupas feitas com poliéster soltam microplásticos que vão para a natureza na hora da lavagem.

E não é só isso, a indústria da moda é a que mais polui no mundo. Sendo assim, para fazermos nossa parte contra essa poluição, podemos parar de comprar roupas novas e começar a frequentar brechós.

reduzir o plástico

Além disso, você pode fazer uma compra em seu próprio guarda-roupas. Muitas vezes temos roupas que não usamos mais ou que não sabemos combiná-la com outras peças. Sendo assim, proponho que você retire as roupas do seu guarda-roupas e separe aquelas peças que quase não usa.

Depois disso, abra o Pinterest e escreva o nome da peça e pesquise. Você irá encontrar diversos exemplos de novas combinações que pode fazer com a peça. Isso vai oferecer a você novas possibilidades e evitará que compre mais roupas por achar que não tem muitas opções em seu guarda-roupa.

Agora que você viu todas essas dicas, quero propor um exercício: guarde o lixo produzido em sua casa durante uma semana. Após isso, abra o saco de lixo e analise a quantidade de plástico e outros materiais que são descartados.

Por fim, pense em alternativas e atitudes que podem ser tomadas para reduzir essa quantidade. Assim, você contribuirá para que menos plástico e outros lixos recicláveis vão para os oceanos e lixões.

E por último, outra dica: se a sua cidade ou bairro conta com coleta seletiva, separe o lixo reciclável do orgânico e faça a sua parte. Assim, mais materiais vão ser reciclados e menos lixo será descartado no meio ambiente.

Você tem outras dicas que podem contribuir para reduzir o plástico do dia a dia? Então, comente abaixo.